Curitiba, 26 de Janeiro de 2017.
12:42

Novas Tecnologias Biométricas que trazem maior praticidade e segurança ao nosso cotidiano

As tecnologias biométricas e de identificação humana têm apresentado constante evolução e trazem grande contribuição para ampliar a oferta de serviços

Edição 58

BIOMETRIA

As tecnologias biométricas e de identificação humana têm apresentado constante evolução e trazem grande contribuição para ampliar a oferta de serviços, driblar a desburocratização, proteger pessoas, inibir fraudes e crimes de falsificação de documentos. A segunda edição do Biometrics HITech Biometrics and Human Identification Technology Expo, Business & Conference, único evento do país especializado neste segmento, apresentou, entre 08 e 10 de novembro deste ano, tendências e novidades cada vez mais ao alcance dos cidadãos, empresas e instituições públicas e privadas.



Gemalto expôs novas carteiras de identidade, que contêm um chip com leitura biométrica, atendendo a três funções distintas, ou seja, identificação, autenticação e assinatura, proporcionando segurança, confidencialidade e abrindo as portas para os serviços eletrônicos. O novo documento possui várias aplicações como em administrações locais, delegacias, bancos, setor social, saúde, entre outros.



Thales apresentou um documento de identificação com os dados biométricos criptografados (com leitura de digitais, íris e face) que não permite falsificação, que pode ser utilizado, por exemplo, pelo varejo e em empresas de saúde, pois evitam fraudes na compra de produtos e/ou serviços.



Montreal apresentou um barramento multibiométrico, com aplicação em instituições financeiras (bancos). O aplicativo reconhece o cliente (pela voz) e permite que o mesmo acesse a conta bancária por meio de um smartphone.



Safran é a única fabricante no mundo a desenvolver um tablet, com certificação do FBI, que permite identificar pessoas, por meio da digital coletada pelo tablet. Já usado pela polícia dos Estados Unidos e França, o equipamento opera de modo remoto e consegue identificar pessoas que estejam sem documentos de identidade. Ideal para uso em bancos, telecomunicações e polícia.



Vision-Box mostrou o controle de fronteiras pelo uso da autenticação biométrica automática da face projetado para uso em aeroportos. O passageiro maior de idade (18 anos) com um passaporte eletrônico pode controlar o próprio processo de imigração e emigração de forma autônoma,  sem necessidade de interagir diretamente com a Polícia Federal. O equipamento já está em uso no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, Viracopos (Campinas) e Galeão (Rio de Janeiro).



Além de expor tecnologias de ponta, muitas que em breve devem estar à disposição do mercado nacional, o 2º Biometrics HITech realizou paralelamente uma conferência para debater o potencial de uso de tecnologias biométricas em instituições financeiras, varejo, e-commerce, recursos humanos, educação e saúde, entre outros. “Único evento especializado no Brasil, o   Biometrics HITech tem o foco em negócios”, ressaltou Luciano Baptista, organizador do evento, adiantando que a terceira edição será em setembro de 2017, em Brasília, em realização conjunta Congresso Brasileiro de Identificação da Federação Nacional dos Profissionais em Papiloscopia e Identificação (Fenappi).



 



 



Voltar

Indique para um amigo

Novas Tecnologias Biométricas que trazem maior praticidade e segurança ao nosso cotidiano
As tecnologias biométricas e de identificação humana têm apresentado constante evolução e trazem grande contribuição para ampliar a oferta de serviços

www.falaparana.com.br