Curitiba, 19 de Agosto de 2018.
16:36

O começo de novo ciclo econômico em Joinville

Com uma matriz econômica com forte predominância da manufatura volta-se para o planejamento e o desenvolvimento de novos eixos econômicos orientados para inovação e tecnologia.

Edição 64

AGORA TECH PARK

Com uma matriz econômica com forte predominância da manufatura, especialmente em setores como o plástico e o metal-mecânico, Joinville, uma das maiores economias do Sul, volta-se para o planejamento e o desenvolvimento de novos eixos econômicos orientados para inovação e tecnologia.

 

É neste contexto que surge o Ágora Tech Park, um Parque Tecnológico nascido de uma iniciativa do Perini Business Park, maior parque empresarial multissetorial da América do Sul, e do Join.Valle.

 

O Ágora Tech Park será instalado em uma área de 140 mil m² dentro do Perini Business Park. Nesta área, já estão instalados o campus norte da UFSC e uma das empresas de software, que nasceu como startup, e hoje destaca-se nacionalmente por seu crescimento acelerado, a Conta Azul.

 

“O Ágora Tech Park é uma iniciativa concreta que mostra que a cidade já está caminhando para ser competitiva no futuro. Com a implantação do Parque Tecnológico, Joinville marca seu ingresso em um ecossistema pautado em inovação e voltado para as tendências da nova economia”, pontua Danilo Conti, Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável de Joinville.

 

Da concepção à gestão, passando pela definição das necessidades básicas e do projeto urbanístico e arquitetônico, todas as fases incluem processos colaborativos. O hackathon foi a primeira etapa e reuniu 110 participantes entre empresários, professores, profissionais de inovação, arquitetos e estudantes com o objetivo de contribuir coletivamente para a base do programa de necessidades do Ágora Tech Park e de seu primeiro edifício.

 

Na sequência, foi realizado o concurso, que recebeu 87 projetos de profissionais de 15 Estados do país e estes foram avaliados por uma comissão de jurados que contou com três renomados arquitetos: Gustavo Cedroni, Mario Biselli e Roberto Loeb, além de Marcelo Hack (Presidente do Perini Business Park) e Emerson Edel (Diretor de Operações do Perini) e Danilo Conti (Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável de Joinville).

O arquiteto Marcus Vinicius Damon é o responsável técnico do Estúdio Módulo de Arquitetura, de São Paulo (SP), autor da proposta vencedora para o masterplan do Ágora Tech Park e de seu primeiro prédio. Ele recebeu R$ 70 mil como prêmio e R$ 330 mil em contrato para a execução dos projetos executivos.

Marcus Vinícius Damon, concebeu o prédio inicial para ser notado por quem circula pelo parque, acolher o visitante e proporcionar aos trabalhadores um ambiente moderno e interativo, que é tendência nos espaços voltados à inovação e à tecnologia. A sustentabilidade incluiu desde a integração com a mata, passando por uma construção limpa e pelo uso de elementos que reduzem o consumo de energia.   

Os diferenciais e a estrutura do Perini Business Park integrarão os ambientes e proporcionarão ao empreendimento um espaço único e colaborativo. “Identifiquei no Ágora Tech Park duas palavras muito importantes para o sucesso deste empreendimento voltado à inovação: Sinergia e Serendipity (alguma coisa no acaso fez com que algo bom acontecesse). Por mais digital que seja, a inovação acontece no mundo físico, no ambiente real, e precisa de gente esbarrando em gente”, argumenta Romero Rodrigues, Sócio da Redpoint Ventures e Co-Fundador do Buscapé, que participou do evento de premiação do Concurso de Projetos do Ágora Tech Park e que acompanha de perto este empreendimento.

 

O Ágora Tech Park

 

O Parque Tecnológico abrigará empreendimentos dos mais variados: incubadoras, startups, aceleradoras, empresas de tecnologia, coworkings, laboratórios, centros de pesquisa, fablabs, extensões de ensino e pesquisa, softhouses, hardware buildings e outras atividades relacionadas à tecnologia.

 

Ele também contará com estrutura destinada à realização de eventos sobre tecnologia e espaços para integração, networking e relacionamento de todos os atores do ecossistema de inovação e tecnologia. Os espaços abertos e as salas em conceito flexível permitirão integração entre os atores e fomentarão o ecossistema de inovação e tecnologia.

 

Para Vinícius Roveda, CEO da Conta Azul, o empreendimento trará ganhos potenciais para a cidade. “O Agora Tech Park vai ser um divisor de águas para o futuro de Joinville, ao permitir que todos os componentes fundamentais para a inovação sejam potencializados. Estamos muito felizes de estar próximos disto, no Perini Business Park, e queremos contribuir com este processo.”

 

Já para Cátia Regina Silva de Carvalho Pinto, Diretora do Centro Tecnológico da UFSC em Joinville, “O Ágora Tech Park surge em um momento muito apropriado, de retomada do crescimento econômico e de uma nova perspectiva na colaboração público-privada para a inovação. A publicação do novo Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Decreto 9.283, de 07/02/2018) amplia o escopo e aumenta a segurança jurídica neste tipo de parceria.”

 

 

 

Perville inicia as obras no 2º semestre de 2018

A construção do Ágora Tech Park será realizada pela Perville Engenharia e as obras iniciam no segundo semestre de 2018. A data da inauguração do primeiro prédio está agendada para 28/03/2019.

 

A Perville já realizou projetos construtivos industriais e comerciais para mais de 180 clientes, em diversos segmentos de mercado, entre os quais o Perini Business Park, com mais de 300 mil m2 de área construída; a 30ª unidade do BMW Group no mundo, em Araquari (SC), com aproximadamente 120 mil m2  de área construída (obra que obteve reconhecimentos nacionais e internacionais); a sede do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville e o Campus Norte Catarinense da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Voltar

Indique para um amigo

O começo de novo ciclo econômico em Joinville
Com uma matriz econômica com forte predominância da manufatura volta-se para o planejamento e o desenvolvimento de novos eixos econômicos orientados para inovação e tecnologia.

www.falaparana.com.br