Curitiba, 16 de Junho de 2016.
10:38

Universidade e empresa na produção de conhecimento

O projeto Gestão de Medição de Desempenho para Mobilidade é o resultado de uma parceria estabelecida entre o ICI e PUC-PR

edição 55

Adriana Andréa Rodrigues

A motivação para os projetos de Cidades Inteligentes está associada ao desenvolvimento econômico, à sustentabilidade e à qualidade de vida dos cidadãos. A ideia que se defende assenta na convergência entre múltiplos atores, em que se desenvolvem redes econômicas, sociais, institucionais e de informação, as quais potencializam a incorporação de novas tecnologias, o conhecimento e a inovação.



Nos ambientes e espaços inteligentes a Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), facilitadora das funções urbanas e na vida das cidades, é a grande centralizadora para a comunicação física com a comunicação digital, além da integração de tecnologias, processos, informações e dados entre os vários sistemas e redes urbanas.



Neste contexto, favorável ao desenvolvimento tecnológico e social, o estabelecimento de parcerias entre governo, academia e setor privado, orientadas para a solução de problemas sociotécnicos, consolida uma base para o desenvolvimento de iniciativas centradas em estratégias de inovação. Destaca-se, neste ponto, que a prática estratégica do processo inovativo consolida-se quando proposta pelo planejamento estratégico e pelas atividades de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PDT&I), no sentido de assegurar a transferência tecnológica e o aprendizado organizacional.



O Programa de PDT&I do Instituto Curitiba de Informática (ICI), em consonância com o planejamento estratégico organizacional, mantém uma Linha de Pesquisa em Mobilidade Urbana Sustentável, uma das principais dimensões em torno das Cidades Inteligentes. O projeto Gestão de Medição de Desempenho para Mobilidade é o resultado de uma parceria estabelecida entre o ICI e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), por meio do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas (PPGEPS).



O projeto de pesquisa contempla a investigação e a identificação de indicadores e elementos de monitoramento de desempenho para a temática Mobilidade Urbana; e, o desenvolvimento de uma arquitetura de alto nível, composta de especificações, frameworks e métodos para a construção de um Sistema de Gerenciamento de Resposta a Desastres (SGRD).



Este SGRD, centrado na gestão de crises, caracteriza-se pela interoperabilidade entre os atores envolvidos, ou seja, a capacidade de integração de uma grande escala de fontes heterogêneas, advindas de pessoas e sistemas, de entidades públicas e privadas, produzindo fluxos de comunicação em tempo real para decisões conscientes em resposta aos eventos detectados.



Com foco na gestão inteligente e integrada da Mobilidade Urbana, mediante a esquematização dos indicadores, será possível medir a “inteligência” da cidade, a partir da análise e diagnóstico do comportamento dos indicadores diretamente ligados à pesquisa.



As pesquisas conduzidas pelos pesquisadores do ICI e do PPGEPS tiveram seus resultados apresentados no Routes Towards Sustainability, simpósio internacional organizado pela PUC-PR e a Universidade de Ferrara (Unife), da Itália, em setembro de 2015.



Em maio deste ano, o projeto será apresentado na IIE Annual Conference & Expo 2016 – ISERC Chairs, conferência para a troca de conhecimentos da área de Engenharia de Produção e Sistemas, a ser realizada no Estado da Califórnia.



Voltar

Indique para um amigo

Universidade e empresa na produção de conhecimento
O projeto Gestão de Medição de Desempenho para Mobilidade é o resultado de uma parceria estabelecida entre o ICI e PUC-PR

www.falaparana.com.br